Pe. Eldinei Carneiro prestigia título de cidadão miranortense do Dr. Cledson José Dias Nunes

Veja a programação para o dia de Finados da Forania de Gurupi
29 de outubro de 2019
“Se Deus é por nós quem será contra nós” exortou Pe. Eldinei Carneiro em Missa da Unidade RCC
1 de novembro de 2019

Pe. Eldinei Carneiro prestigia título de cidadão miranortense do Dr. Cledson José Dias Nunes

Efetividade na prestação jurisdicional combinada com transparência, ética e ações sociais envolvendo a comunidade foram algumas das justificativas externadas na sessão solene da Câmara Municipal de Miranorte, na sexta-feira (25/10), para a concessão do Título de Cidadão Miranortense ao juiz  Cledson José Dias Nunes, ex-titular daquela Comarca, que abrange também os municípios de Barrolândia, Dois Irmãos e Rio dos Bois.  “O doutor Cledson é uma pessoa que sempre contribuiu com todos os municípios circunvizinhos pelos quais respondia. Ele luta pela sociedade e pelo direito de cada um. É um juiz rígido e justo”, ressaltou o presidente do Legislativo municipal, Antônio Almeida, durante a entrega da honraria.

“É um juiz defensor da transparência, da ética, que resgatou a dignidade do processo eleitoral. Vai deixar saudade, mas com certeza o trabalho que realizou fará com que o município avance a cada dia”, disse o prefeito de Miranorte, Carlinhos da Nacional, que estava acompanhado pelos prefeitos dos outros três municípios.  

Ex-delegado de polícia e mestre em Prestação Jurisdicional e Direitos Humanos pela Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat) e Universidade Federal do Tocantins (UFT), Cledson Nunes trabalhou ainda nas comarcas de Porto Nacional e Ponte Alta do Tocantins e, recentemente, foi promovido para a 1ª Vara Criminal da Comarca de Palmas (3ª entrância). “Foram quase oito anos dedicados à melhoria contínua dos servicos prestados pelo Judiciário e, com muita dedicação e trabalho em equipe, alcançamos resultados positivos não só na questão judicial, mas também colaborando com muitas ações sociais envolvendo a comunidade. Sinto-me feliz e honrado com essa homenagem, que é o reconhecimento do trabalho que desenvolvemos”, afirmou o magistrado, que estava acompanhado da esposa, Patrícia Idehara, e da filha, Letícia.  

Ele lembrou ainda que a Comarca conseguiu nos últimos anos ter produtividade maior em relação aos processos distribuídos, o que rendeu prêmios concedidos pelo próprio Judiciário tocantinense. Já no campo social, destacou os projetos de órgãos públicos e de entidades assistenciais que foram contemplados com recursos, beneficiando as comunidades de Miranorte e dos municípios que integram a comarca.   

Judiciário humanizado

Representando presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), Helvécio de Brito Maia Neto, na sessão solene, a  juíza auxiliar da Presidência, Rosa Maria Gazire Rossi,  afirmou que era um orgulho testemunhar o reconhecimento de toda da sociedade a um homem justo e amoroso como o doutor Cledson Nunes. “Foi muito importante para nós ouvirmos toda a comunidade reconhecer a eficiência e a efetividade do trabalho do nosso magistrado”, frisou a magistrada, reforçando que as ações de Cledson Nunes na Comarca de Miranorte espelham a humanização do Poder Judiciário.  O juiz Wellington Magalhães também prestigiou a cerimônia. 

“Apesar de muito exigente, sempre tratou os servidores com cordialidade, contribuindo para a nossa evolução enquanto servidores”, reconheceu o servidor da comarca Darley Rodrigues.

“É muito significativo quando a gente vê pessoas que não se preocupam apenas com a sua vida, com seu trabalho, mas também estão envolvidas no trabalho social. E o doutor Cledson sempre teve essa preocupação com as entidades, com os órgãos e, dentro dos limites da lei, sempre contribuiu para que a sociedade tivesse uma vida melhor. O juiz, por mais que precise ser imparcial, não é um ser isolado. Ele é parte da sociedade”, lembrou o padre Eldinei Carneiro. 

Texto: Marcelo Santos Cardoso (com informações da afiliada local da TV Bandeirantes)

Comunicação TJTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: