Fiéis celebram solenidade do Dia de Todos os Santos na Matriz de Santo Antônio de Gurupi

“Se Deus é por nós quem será contra nós” exortou Pe. Eldinei Carneiro em Missa da Unidade RCC
1 de novembro de 2019
Fiéis marcam presença nas celebrações nos cemitérios de Gurupi
4 de novembro de 2019

Fiéis celebram solenidade do Dia de Todos os Santos na Matriz de Santo Antônio de Gurupi

Nesta  sexta-feira (01), em Gurupi os fiéis da Matriz de Santo Antônio participaram da celebração que relembram a importância dos santos na Igreja Católica.  O dia de todos os santos é um dia é dedicado a todos os santos e mártires da Igreja Católica e também aqueles que não tem um dia próprio para festas para que não sejam esquecidos.

Durante homilia padre Eldinei Carneiro refletiu sobre a santidade " A santidade consiste em fazer sempre a vontade de Deus”. Quatro elementos comuns na vida dos Santos: “Oração, fé, caridade e cruz”frizou.

 Segundo a tradição, ela foi colocada neste dia, logo após 31 de outubro, porque os celtas ingleses (pagãos) celebravam as bruxas e os espíritos que vinham se alimentar e assustar as pessoas nesta noite (Halloween). (Canção Nova).

No site Vaticano New afirmou que   "Comemorar os fieis defuntos é refletir sobre nosso fim, ao mesmo tempo sobre nosso desejo de eternidade, como desejo profundo, como ânsia, inextirpável de nossa natureza, apesar de finita".

O que são os Santos?

Santos são aqueles que viveram uma vida de acordo com os ensinamentos do Evangelho e, por isso, a Igreja acredita que estejam junto a Deus. A celebração é reconhecida por várias denominações cristãs, como católicos romanos, ortodoxos, anglicanos e luteranos. O Dia de Todos os Santos é celebrado nesta data em todo o ocidente, enquanto nas igrejas do oriente, a comemoração acontece no primeiro domingo após o Pentecostes.

Origem da Festa de Todos os Santos

A ideia de homenagear todos os santos teria começado por volta do século IV, na Antioquia, quando se recordavam os santos mártires no primeiro domingo após Pentecostes. Mais tarde, no ano 835 d.C, o papa Gregório IV decide dedicar o dia 1º de novembro a todos aqueles que tiveram uma vida santa, mas não foram lembrados ao longo do ano, ou mesmo não foram reconhecidos como santos oficialmente pela Igreja. De acordo com as tradições da Igreja Católica, após a celebração da Festa de Todos os Santos (Festum Omnium Sanctorum, em latim) em 1º de novembro, celebra-se o Dia de Finados, em 2 de novembro.

fonte: Canção Nova e Calendarr -https://www.calendarr.com/brasil/dia-de-todos-os-santos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: